Acaba de ser lançada, em São Paulo, primeira rede social privada com finalidade pública

“Myfuncity-Cidades Sustentáveis” fará a análise do bem-estar da população em relação aos serviços públicos, em tempo real. Parceria com a Rede Nossa São Paulo e Rede Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis permitirá que os dados sejam balizadores de políticas públicas

 

São Paulo- Brasil e Boston- Estados Unidos, 05 de outubro de 2011 – O Brasil é o primeiro país do mundo a ganhar uma rede social focada em cidadania, o “Myfuncity-Cidades Sustentáveis”. Qualquer cidadão poderá, a partir de hoje, ter acesso à rede social no endereço myfuncity.org. A nova rede cria uma forma de participação política e cívica a partir de blogs, sites e redes sociais ou outros meios que a internet propicie. “Depois do Brasil, o Myfuncity será lançado nos Estados Unidos e na Europa. Em todos os países, a ferramenta conta com o apoio do Facebook”, afirma Mauro Motoryn presidente do Myfuncity e um dos idealizadores da rede social.

 

A plataforma possibilitará gestão pública por meio da tecnologia digital das redes sociais, permitindo que os cidadãos avaliem a qualidade das cidades a partir de 12 indicadores relacionados ao trânsito, segurança, meio ambiente, bem-estar, saúde e educação. Cada um dos indicadores do Myfuncity será classificado pelo usuário numa escala de 0 a 10. Um banco de dados abrigará essas opiniões, com um mapa preciso sobre a satisfação da população quanto aos serviços públicos que uma determinada cidade ou região oferece.

 

O usuário do Myfuncity poderá avaliar, basta ter acesso à internet, por meio do Facebook e Orkut, ou nas versões para Iphone e Ipad, baixando gratuitamente pela Apple App Store. No Facebook e no Orkut, o Myfuncity também permitirá interação entre os usuários, possibilitando convidar amigos, enviar mensagens e comentários, curtir e enviar fotos. Também será possível fazer check-ins, opinando sobre as regiões da cidade e, simultaneamente, ter acesso aos dados postados no Facebook, no Orkut e no Twitter. Em um segundo momento, serão disponibilizadas versões para Android, Blackberry e outros.

 

Para o presidente do Myfuncity, Mauro Motoryn, as redes sociais ampliam o poder de cada cidadão de colaborar com a transformação da sua cidade. “A internet tem um poder transformacional para as grandes e pequenas causas, pois conecta milhares de cidadãos que compartilham opiniões e sugestões e que querem contribuir eficazmente para mudar a cidade onde moram”, afirma Motoryn.

 

A Plataforma – Até o final do primeiro semestre de 2012, o Myfuncity pretende reunir cerca de 10 milhões de usuários no Brasil e 50 milhões de usuários no mundo. A nova rede social parte do conceito “civic engagement”, que possibilita que um cidadão ativo participe na vida da comunidade, a fim de ajudar a moldar o futuro de determinada região. “É uma plataforma capaz de nortear, por meio da colaboração dos usuários, as ações para tornar a cidade um lugar melhor de se viver”, destaca Mauro Motoryn.

 

Parcerias – No Brasil, o “Myfuncity-Cidades Sustentáveis” já nasce com a parceria estratégica de mais de 700 entidades, por meio da Rede Nossa São Paulo, Rede Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis, Cidade Escola Aprendiz, Catraca Livre e Museu da Pessoa.

 

Apartidária e inter-religiosa, a Rede Nossa São Paulo, que reúne 700 organizações, tem por missão mobilizar diversos segmentos da sociedade para, em parceria com instituições públicas e privadas, construir e se comprometer com uma agenda e um conjunto de metas, articular e promover ações, visando a uma cidade de São Paulo justa e sustentável.

 

A parceria estratégica com a Rede Nossa São Paulo, por exemplo, vai permitir que os dados do “Myfuncity-Cidades Sustentáveis” sejam avaliados, processados e disponibilizados para os gestores públicos, a sociedade e a mídia a acompanharem, dia a dia, as sugestões e reclamações da população.

 

A Rede terá acesso aos dados do Myfuncity para incentivar os políticos a promoverem uma gestão pública voltada para o desenvolvimento justo e sustentável nas cidades. “Só teremos cidades sustentáveis com qualidade de vida para todos se tivermos a participação permanente dos cidadãos”, afirma Oded Grajew, coordenador geral da Rede Nossa São Paulo.

 

Myfuncity – A plataforma nasceu do Movimento Mais Feliz, um movimento apartidário, não governamental e não-assistencialista focado em comunicação e articulação de projetos sociais. A principal característica é que serão gerados relatórios de dados diferenciados para cada região, seja no Brasil ou em qualquer cidade do mundo que tenha suporte ao Google Maps.

O cidadão poderá conferir as avaliações em um raio de um quilômetro da região em que se encontra através de celulares e poderá conferir as avaliações de qualquer região do mundo na web, ou da região onde se encontra, por meio de um smartphone. O aplicativo reuniu todos os “features” já utilizados por redes sociais, mas com foco no interesse público. “Trabalharemos em API aberta, junto ao Creative Commons, possibilitando um constante aprimoramento tecnológico”, explica Mauro Motoryn.

 

Case Nova York – A prefeitura de Nova York aliou tecnologia e serviços públicos e criou o NYC311, projeto que faz todo o atendimento das questões relacionadas à cidade em uma grande rede social construída pela administração pública. Com ela é possível que a prefeitura escute, responda e dê dicas sobre qualquer tema relacionado à cidade, a seus moradores. O NYC311 está presente no Skype, no Twitter, em aplicativos para iPhone, pode ser acessado pelo computador, pelo telefone.

Cronograma:
05 de outubro – 
Lançamento do Myfuncity no Brasil
– disponível no Facebook, em português e inglês
– compartilhamento no Twitter via Facebook

19 de outubro – Lançamento internacional do Myfuncity – Estados Unidos (Boston), com APP disponível na Apple Store para IPAD e IPOD

– compartilhamento no Orkut via Facebook

30 de outubro – Lançamento do APP para a plataforma Android

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *